Não só as faturas de consumo de água tendem a apresentar valores cada vez mais elevados, como a própria escassez de água potável no mundo começou a criar, no ser humano, uma consciência ambiental sem precedentes. Por estas razões, é cada vez mais comum que as pessoas procurem as melhores alternativas para economizar água. Se faz parte do grupo de pessoas que quer poupar, em simultâneo, o meio ambiente e as suas economias, não deixe de conhecer as melhores dicas para poupar água.

Habituámo-nos, no passado, a tratar a água como se fosse um recurso inesgotável. Ainda assim, como bem sabemos, a água é um bem muito precioso e que, por isso mesmo, deve ser valorizado. Embora o nosso planeta seja essencialmente água, é necessário que exista a consciência de que a água potável constitui apenas 0,5% da água mundial, o que faz com que a sua escassez seja efetiva e se sinta, já, em muitas regiões do globo. A par com a questão ambiental, a questão económica faz com que este seja, também, um assunto pertinente: de ano para ano, notamos uma subida nos valores do saneamento e recebemos faturas mais avultadas pelas nossas águas. Assim, pelo bem da Natureza e também da nossa carteira, é mais importante do que nunca conhecer as melhores dicas para economizar água. Estas são as nossas sugestões:

1. Trate da canalização da sua casa

Se tem uma fuga de água ou uma torneira que não pára de pingar, está na hora de chamar o canalizador. Ainda que possa parecer um pequeno gasto, acredite que ele se manifesta na sua fatura e que tem um forte impacto ambiental. Garantir que a canalização da sua casa está em bom estado é fundamental para economizar água.

2. Aposte em autoclismos reguláveis

Hoje em dia, existem autoclismos com a possibilidade de dupla descarga. Prefira estes, já que terá a possibilidade de fazer descargas menores quando estas forem suficientes para o efeito desejado.

3. Evite banhos de imersão

Sempre que possível, opte por duches rápidos, desligando a torneira enquanto se ensaboa, e evite banhos de imersão. Nos ocasionais banhos de imersão, poderá ainda utilizar a água para posteriores descargas na sanita.

4. Tenha cuidado na lavagem da roupa e da louça

Quando lavar a roupa, tenha o cuidado de o fazer com a carga completa, para não gastar mais água e energia elétrica. O mesmo é válido para a máquina da louça. Se lavar a louça à mão, evite fazê-lo com água corrente. Prefira encher o lavatório para realizar esta tarefa.

5. Escolha bem as horas de rega

Se tem um jardim ou uma hortinha, o melhor será que regue este espaço apenas pelo final do dia, já que a evaporação será substancialmente menor do que nas horas de calor. Quando puder, prefira o regador à mangueira. Desta forma irá, também, economizar água.

6. Recolha a água das chuvas

Durante os períodos chuvosos, use recipientes para recolher a água das chuvas. Esta água poderá ser usada para várias finalidades, incluindo as limpezas domésticas, a lavagem do carro, a rega do jardim ou as descargas da sanita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *